Links de Acesso

Cinco polícias moçambicanos detidos por alegada venda de corno de rinoceronte


Cinco membros da polícia moçambicana, incluindo um comandante distrital e um investigador da polícia, foram detidos no distrito de Massingir, província de Gaza, sul do país, por suposta venda de um corno de rinoceronte. Em declarações ao canal público TVM, o director da Ordem no Comando da Polícia da República de Moçambique na província de Gaza, Francisco Munguambe, confirmou a detenção dos cinco agentes, mas não entrou em detalhes sobre a sua identidade.

Por outro lado, o jornal Savana revelou que os agentes detidos invadiram a residência de um alegado caçador furtivo em Massingir e retiraram um corno de rinoceronte, que mais tarde venderam a um traficante de cornos de rinoceronte e marfim.


Chifres de rinocerontes valem mais do que ouro
XS
SM
MD
LG