Links de Acesso

Cidadãos da RDC detidos em Malanje

  • Isaías Soares

Polícia de guarda fronteira de Malanje

Polícia de guarda fronteira de Malanje

A Polícia de Guarda Fronteira de Angola em Malanje regista melhorias no combate ao tráfico de seres humanos e outros crimes cometidos por cidadãos da República Democrática do Congo (RDC).

Entre Janeiro a Agosto deste ano foram detidos mais 20 estrangeiros ilegais da RDC, confirmou o comandante da V Unidade do ramo da Policia Nacional nesta região, superintendente-chefe Romeu Simão Valentim.

“Registamos 17 violações de fronteira fluvial, sendo 10 frustradas e sete realizadas por prática de pesca ilegal, garimpo artesanal de diamantes, tentativa de tráfico de seres humanos e fixação e estadia ilegal”, disse.

Segundo Valentim, nesse período foram detidos, por tráfico de seres humanos, 28 cidadãos, dos quais um angolano e os restantes da RDC.

A província de Malanje partilha uma fronteira fluvial de 147 quilómetros com a RDC. A V Unidade da polícia fronteiriça recebeu 116 policias, 16 especialistas de telecomunicações e implantou um posto de fronteira no Zenga.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG