Links de Acesso

Cidadão na posse de urnas escapa de ser linchado pela população

  • VOA Português

Disse que trabalhava para o STAE, mas foi desmentido.

Um cidadão moçambicano que carregada urnas com boletins de voto escapou de ser linchado pela população no bairro da Munhava, nos arredores da Beira, em Sofala.

Pressionado pela população, o cidadão disse que trabalhava para o STAE na Beira e que estava a distribuir as urnas. “Eu trouxe o material e vinha distribuir pelas mesas de voto, mas quando cheguei disseram que o material estava a mais e tive que levá-lo de volta ao armazem”, disse.

Entretanto, em declarações à imprensa, o representante do STAE em Sofala e chefe-adjunto de formação e educação cívica, disse não ter informação sobre a presença daquele cidadão e que as pessoas que deviam distribuir material já cumpriram a missão.

“Não o conheço perfeitamente. Esse é o erro que o STAE provincial tem, porque recruta as pessoas internamente. Ele não devia estar aqui. Pode ser um funcionário que lá temos, mas não faz parte das operações”, disse Bissopa

XS
SM
MD
LG