Links de Acesso

Ninguém sabe onde está assassino chinês transferido de Benguela

  • Manuel José

Trabalhadores chineses no Kuando Kubango (VOA / A. Capalandanda)

Trabalhadores chineses no Kuando Kubango (VOA / A. Capalandanda)

A bancada parlamentar da UNITA reiterou a sua intenção de levar o caso ao parlamento. Raul Danda advoga que os chineses não devem ser privilegiados em detrimento dos angolanos

Não há meio do assassino chinês Zhang Yang aparecer para cumprir a pena de 23 anos de prisão, proferida pelo tribunal de Benguela. O "sumiço" do chinês está a indignar a Associação de Advogados Mãos Livres que acompanha o caso.

Salvador Freire diz que até ao momento não tem informações sobre o paradeiro de Zhang Yang.

“Até este momento não sabemos o paradeiro do cidadão chinês, não sabemos se está fora do país ou está aqui no interior”.

O advogado tem fé que, bem ou mal, Zhang Yang vai ser devolvido a prisão de Benguela.

“O tribunal competente é o tribunal de Benguela, é uma 'área de jurisdição onde o cidadão foi julgado e condenado, evidentemente, querendo ou não, ele terá que aparecer”.

O causídico defende igualmente a sanção dos responsáveis pela fuga do preso.

“Os responsáveis pelo desaparecimento do cidadão chinês estão localizados, serão responsabilizados, para que tragam de volta o cidadão chinês, para cumprir a pena em Benguela”.

Freire apela ao cumprimento da constituição angolana sobretudo da parte das instituições públicas que de quando em vez a tem violado.

“Há uma grande violação destes direitos, por parte de algumas instituições públicas sobretudo, não há um incremento para acatarmos aquilo que a constituição nos confere como angolanos”.

A bancada parlamentar da UNITA reiterou a sua intenção de levar o caso ao parlamento. Raul Danda advoga que os chineses não devem ser privilegiados em detrimento dos angolanos.

“Um chinês a ser tratado como se estivesse acima do angolano, não pode é grave. É preciso travar os demandos cometidos por chineses em Angola” afirmou o presidente do grupo parlamentar da UNITA.

“O chinês não vem para aqui engravidar nossas filhas e nossas irmãs e não lhe acontece nada, mata os nossos cidadãos e não lhes acontece nada”.

“Onde é que anda o executivo? Onde anda o presidente desta república que disse ser presidente de todos angolanos e tem que proteger acima de tudo os angolanos?”.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG