Links de Acesso

China Sonangol tem propriedade de 150 milhões de dólares em Nova Iorque sem uso

  • Redacção VOA

Financial Markets Wall Street

Financial Markets Wall Street

Propriedade localiza-se na esquina das avenidas Wall e Broad, 23 Wall Street.

Uma propriedade em Nova Iorque adquirida pela China Sonangol por cerca de 150 milhões de dólares está abandonada há vários anos, apesar de encontrar-se situada numa das zonas mais procuradas de Manhattan: em frente à bolsa de Nova Iorque.

A propriedade está situada na esquina das avenidas Wall e Broad com a morada oficial de 23 Wall Street.

O imóvel foi comprado em 2008 pela China Sonangol à companhia Africa-Israel que a havia comprado em 2003 ao banco JP Morgan, que ali mantinha a sua sede.

A China Sonangol é propriedade do grupo Queensway (70%) e da Sonangol (30%).

O abandono da valiosa propriedade foi mencionada nos últimos dias em meios de informação especializados em questões económicas depois de ter sido noticiado que o banco HSBC congelou mais de 87 milhões de dólares em contas ligadas a Sam Pa, um proeminente bilionário chinês com ligações ao mais alto nível do Estado angolano e que foi recentemente preso na China na sequência de investigações a actos de corrupção.

A Queensway é um agrupamento de várias companhias que operam na Ásia, África e Caraíbas.

A nível oficial, Pa é apenas consultor da companhia, mas o bilionário é tido como quem na verdade controla aquela companhia e a China Sonangol.

Desconhece-se se Pa ainda está detido, mas no início do mês um juiz em Hong Kong rejeitou um pedido dele e de uma sócia comercial, Verónica Fung, para ordenar o HSBC a descongelar os fundos que o tribunal descreveu de “extremamente substanciais”.

Documentos submetidos junto dotribunal dizem que só numa conta estão depositados 87 milhões de dólares.

O banco afirma estar a investigar a proveniência dos fundos depois de os Estados Unidos terem colocado Sam Pa numa lista de pessoas embargadas por Washington, que o acusa de estar envolvido no negócio ilegal de diamantes no Zimbabwe.

Segundo notícias anteriormente publicadas, Sam Patem nacionalidades angolana e britânica e é conhecido também por vários outros nomes, como, por exemplo, António Sampo Menezes.

Pouco antes da prisão de Pa, tinha havido uma tentativa de alugar a propriedade da China Sonangol em Nova Iorque a uma companhia de multimédia, mas o negócio nunca foi confirmado.

O jornal New York Post citou um agente imobiliário como tendo dito que nunca houve muito entusiasmo por parte da China Sonangol em alugar ou desenvolver a propriedade.

Outras fontes afirmaram ao jornal ser difícil alugar ou vender a propriedade em virtude de Sam Pa e as suas empresas estarem a ser investigadas por corrupção.

XS
SM
MD
LG