Links de Acesso

China proíbe grandes accionistas de vender acções nos próximos 6 meses


Um investidor chinês em Pequim, China, Julho 9, 2015.

Um investidor chinês em Pequim, China, Julho 9, 2015.

A agência reguladora de valores mobiliários da China tomou a medida drástica de proibir que accionistas com participações superiores a 5% vendam seus papéis nos próximos seis meses, numa tentativa de conter uma queda nos preços das acções que começa a perturbar os mercados financeiros globais.

A China Securities Regulatory Commission (CSRC) afirmou no seu site na noite da Quarta-feira (8) que irá tratar com severidade qualquer violação da regra. A medida parece já ter surtido efeito e fez os mercados asiáticos fecharem em alta nesta Quinta-feira.

A proibição também parece se aplicar a investidores estrangeiros que detêm participações em empresas listadas nas bolsas de Xangai ou Shenzhen, embora a maioria de suas participações seja inferior a 5%.

XS
SM
MD
LG