Links de Acesso

China liberta jornalista acusada de vazar documentos secretos


Gao Yu

Gao Yu

As autoridades chinesas libertaram, por motivos de saúde, a jornalista Gao Yu, condenada por alegadamente ter vazado documentos secretos do estado.

A imprensa estatal chinesa fez o anúncio após o tribunal ter reduzido a sentença de Gao de sete para cinco anos.

Gao tem 71 anos e sofre de complicações cardíacas.

XS
SM
MD
LG