Links de Acesso

Chefe do Departamento de Fronteira demitido por envolvimento em contrabando no centro de Moçambique


A Autoridade Tributaria (AT) de Moçambique demitiu o gestor do posto de Machipanda, a principal fronteira entre Moçambique e Zimbabué, por alegado envolvimento em redes de contrabando de cigarros, disse à Lusa o seu presidente. Rosário Fernandes revelou que AT investigou a relação entre a gestão da fronteira e o aumento de contrabando de cigarros, geralmente transportados em camiões-cisterna, dissimulado em combustível.

"Queremos sacudir o capote de contrabando em que as pessoas estão escondidas", declarou Rosário Fernandes, assegurando que Machipanda ter-se-á tornado num corredor privilegiado para o contrabando de cigarros, de diamantes e de pedras preciosas de Angola e Zâmbia, prejudicando as suas economias.
XS
SM
MD
LG