Links de Acesso

Chefe Forças Armadas de São Tomé e Prínicipe pede demissão

  • Óscar Medeiros

São Tomé e Príncipe: Resultados do leilão dos blocos petrolíferos serão divulgados em Fevereiro

São Tomé e Príncipe: Resultados do leilão dos blocos petrolíferos serão divulgados em Fevereiro

Brigadeiro Felisberto Maria Segundo é a primeira consequência da insubordinação dos militares que recusaram prestar honras militares ao Presidente da República.

O Conselho Superior de Defesa Nacional de São Tomé e Príncipe anunciou um conjunto de medidas com vista a repor o normal funcionamento das instituições militares depois dos acontecimentos dos dias 10 e 12 do corrente mês em que os militares recusaram prestar honras militares ao Presidente da Republica e Comandante Supremo das Forças Armadas.

Na sequência desses incidentes o primeiro chefe de estado maior da história das Forças Armadas Santomenses também colocou o seu lugar a disposição do governo.


Tudo começou com a recusa dos militares em prestrar honras militares ao Presidente da República na suarecente deslocação ao Congo.
XS
SM
MD
LG