Links de Acesso

Casa-CE procupada com crianças que estudam à noite em Malanje

  • Isaías Soares

Arquivo

Arquivo

Direcção Provincial do Ministério da Educação rejeita acusações de partidarização.

Centenas de crianças frequentam o ensino primário ao nível de Malanje no período nocturno, situação preocupante para o secretário-executivo local da Convergência Ampla de Salvação de Angola–Coligação Eleitoral(Casa-CE), Carlos Xavier Luís Lucas.

O político da oposição, que falava em conferência de imprensa, reconheceu os esforços do Governo na região ao construir várias salas de aula, mas criticou a ausência de estratégias para a criação de vias de acesso para as mesmas.

“Há também crianças de 12, 11 e 13 anos a estudar no período nocturno e isto não é bom, por isso apelamos aos senhores auxiliares do titular do poder executivo a criarem condições para que se ultrapasse com urgência esta situação”, defendeu.

Carlos Xavier afirmou ser crescente o número de crianças fora do sistema de ensino na província de Malanje.

O secretário-executivo provincial da Casa-CE admitiu o uso de influências por parte de responsáveis de estruturas de base do partido no poder para a entrada de militantes na escola Nicolau Gomes Spencer e no ensino superior na região.

“Solicitando vagas, situação similar tem estado a acontecer na Universidade Lueji N´Nkonde, onde, de acordo com relatos de funcionários e os professores, mais de 50 por cento dos que acederam aos 7 cursos que a universidade oferece são pedidos feitos pelo MPLA”, acusou.

Uma fonte próxima da Direcção Provincial da Educação, Ciência e Tecnologia contactada pela VOA precisou que o conceito de crianças fora do sistema normal de ensino corresponde àquela que tendo completado seis ou sete anos de idade não esteja matriculado na primeira classe.

Quanto à partidarização dos estabelecimentos de ensino, a mesma fonte disse que as acusações da Casa-CE não correspondem com a realidade, justificando que o partido no poder não interfere na gestão da Direcção Provincial da Educação reflectidas em orientações metodológicas do Ministério da Educação.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG