Links de Acesso

CASA-CE em Benguela acredita que muitas crianças não vão ser matriculadas


Plano geral do local da escola.

Plano geral do local da escola.

Construção de escolas com poucas salas não resolve o problema da exclusão escolar

Em fase de correria devido ao processo de matrículas, o Secretariado da CASA-CE em Benguela vaticina um aumento significativo do número de crianças fora do sistema de ensino.

Não muito agarrado a cifras, o secretário provincial, Francisco Viena, prefere mostrar que a estratégia para o fim da exclusão escolar tem sido um fiasco.

Por seu turno, o governador Isaac dos Anjos olha para o programa de desenvolvimento como um antídoto para os vários problemas do sector da Educação.

Até finais do último ano lectivo, o ensino geral contava com mais de um milhão de alunos, segundo indicam dados oficiais.

A pensar no aumento de candidatos, o partido de Abel Chivukuvuku adverte que a construção de escolas com poucas salas não resolve o problema da exclusão escolar.

Perante este cenário, o jurista Francisco Viena reafirma que o Governo continua sem uma visão futurista.

Em reposta, o governador de Benguela, Isaac dos Anjos, aponta as acções inscritas no programa de desenvolvimento para até 2017.

Em próximas edições, a Voz da América apresenta o drama de crianças que não vao à escola por falta de salas de aulas. Pais e encarregados de educaçao mostrarão igualmente a sua insatisfação.

XS
SM
MD
LG