Links de Acesso

CASA acusa militantes do MPLA de intimidação

  • Redacção VOA
  • Fernando Caetano

Abel Chivukuvuku num comício da CASA-CE em Luanda durante a campanha de 2012 (CASA-CE)

Abel Chivukuvuku num comício da CASA-CE em Luanda durante a campanha de 2012 (CASA-CE)

Partido quer medidas legais contra os "arruaceiros"; Chivukuvuku vai ao Kwanza Sul

A CASA CE acusou militantes do MPLA no Huambo de invadirem uma sua reunião partidária num “acto deplorável” e pediu às autoridades para iniciarem “mecanismos legais” contra os mesmos.

Num comunicado o Secretariado Executivo Provincial do Huambo da CASA CE, disse que um grupo de militantes do MPLA, dirigido Adolosi Mango Alicerces Liberal, com vestes do MPLA, no passado dia 28 de Julho, interrompun “de forma arruaceira” uma reunião do Executivo Provincial sob a presidência do Secretário do Executivo Nacional e Deputado à Assembleia Nacional Dr. Leonel José Gomes.

Os militantes do MPLA, disse o comunicado, dirigiram “palavras indecorosas tais como ameaças de morte a todos quanto se encontravam na respectiva reunião, minando gravemente a pluralidade Democrática constitucionalmente consagrada”.

A CASA CE exige que se cumpra com a lei e sejam accionados "os mecanismos legais para salvaguarda e defesa da Democracia".

Por outro lado no Kwanza Sul o dirigente da CASA CE no Kwanza Sul, Francisco Sobral, disse que muitos órgãos estatais província se recusam a receber membros da CASA CE que efectuam trabalho de monitorização da governação.

Sobral falava numa conferência de imprensa em que anunciou a visita do presidente da CASA CE ao Kwanza Sul a partir de Sábado.




Sobral disse que no Kwanza Sul a CASA CE tem vindo a efectuar visitas a algumas instituições do Estado, para fazer um diagnóstico em como vai a governação nesta província”.

“Há instituições do Estado que rejeitaram o nosso pedido, outras atenderam-nos,” disse.

Sobral disse que Abel Chivukuvuku vai permanecer 10 dias na província. Durante a visita vai contactar a população local, militantes do seu partido e ainda autoridades governamentais
XS
SM
MD
LG