Links de Acesso

Adiado julgamento do caso "Lancha Voadora"

  • Eugénio Teixeira

O maior caso de apreensão de cocaína

O Julgamento do famoso caso “Lancha Voadora” que devia arrancar hoje, foi adiado para a próxima quinta feira, 21, devido a ausência de um dos arguidos, que reside na ilha de São Vicente.

O julgamento do maior caso de apreensão de drogas - cerca de 1,5 toneladas de cocaína, envolve 15 arguidos, 60 testemunhas e 25 advogados de defesa.

Para conduzir o julgamento, nomeou-se um colectivo formado por 3 juízes, contando com a presença também de 3 Procuradores da República.


Este vai ser sem duvida o maior julgamento que acontece no arquipélago, tendo em conta a quantidade de droga e outros materiais como viaturas de luxo, avultadas quantias em dinheiro, apreendidos pela polícia judiciária em Outubro de 2011.

Por outro lado, destaca-se o número de arguidos e figuras envolvidas nessa operação, com realce para o antigo presidente da Bolsa de Valores de Cabo Verde, Veríssimo Pinto, daí a mediatização deste caso.

De realçar o forte aparato e cordão de segurança montado no tribunal da Praia e o perímetro das instalações, com vários agentes da policia nacional, agentes especiais de segurança e elementos da polícia militar.

Como acima avançamos, o julgamento do caso de trafico de drogas”Lancha Voadora” que devia arrancar hoje, foi adiado para a próxima quinta feira, dia 21, já que um dos arguidos que reside na ilha de São Vicente não esteve presente no Tribunal da Praia.
XS
SM
MD
LG