Links de Acesso

SIDA em Cabo Verde: taxa de infeccao é estavel

  • Eugénio Teixeira

José António dos Reis realça a necessidade de se reforçar sempre a campanha de prevenção

No momento que se comemora mais um dia mundial de luta contra HIV-SIDA, assinalado anualmente a 1º de Dezembro, o responsável da comissão de coordenação e combate ao SIDA, José António dos Reis, considera estável a prevalência no arquipélago cabo-verdiano.


Aquele responsável afirma que Cabo Verde está a acompanhar a evolução que se tem registado a nível mundial, para reduzir e estancar a incidência do HIV-SIDA.

Segundo José António dos Reis, perto de oitocentas pessoas estão a receber tratamento anti –retroviral no país, enquanto há registo de três mil e seis centos casos de seropositivos notificados.

O coordenador do CCS-SIDA destaca a descentralização no atendimento situação, que facilita a vida aos portadores da doença que estão em tratamento.

Na óptica do responsável da comissão de coordenação e combate ao HIV-SIDA, o trabalho de sensibilização e educação que se tem realizado no arquipélago é positivo, mas José António dos Reis realça a necessidade de se reforçar sempre a campanha de prevenção.

Apesar do trabalho realizado a nível geral, o responsável da comissão de coordenação e combate ao HIV-SIDA destaca a atenção particular reservada às pessoas consideradas “ grupo de risco”.

Para assinalar o dia mundial de luta contra HIV-SIDA, está programada uma cerimónia central na Cidade Velha – Património Mundial da Humanidade, enquanto nos diferentes pontos do país, serão promovidas campanhas de divulgação de informações, distribuição de desdobráveis e despistagem de HIV.
XS
SM
MD
LG