Links de Acesso

Presidenciais em Cabo Verde: Mau tempo pode favorecer abstenção

  • Eugénio Teixeira

Eleiçoes Cabo Verde 2011

Eleiçoes Cabo Verde 2011

Na corrida estão Jorge Carlos Fonseca apoiado pelo MPD e Manuel Inocêncio Sousa que conta com o apoio do PAICV.

A chuva que cai, desde ontem, em quase todo o arquipélago de Cabo Verde, poderá ter condicionado a afluência dos eleitores às urnas no primeiro período do dia,na segunda volta das eleições presidenciais,favorecendo a abstenção. O tempo chuvoso também dificultou a abertura de algumas mesas de voto à hora prevista.

Os dois candidatos concorrentes, Manuel Inocêncio Sousa, apoiado pelo partido no poder PAICV e Jorge Carlos Fonseca, suportado pelo maior partido da oposição, o MPD, já votaram. Tanto Inocêncio Sousa que exerceu o direito de voto na ilha natal São Vicente, como Jorge Fonseca que votou na cidade da Praia, exortaram os cidadãos inscritos a participarem na escolha do futuro Presidente da República.

Na mesma linha o candidato Jorge Carlos Fonseca que exerceu o direito de voto na cidade da Praia, apelou todos os cidadãos inscritos nos cadernos eleitorais a contribuírem para o reforço da democracia, neste caso. indo votar.Quem também fez o apelo ao voto, é o Presidente da Republica, Pedro Pires, prestes a terminar o segundo e ultimo mandato.

Depois de uma participação relativamente fraca no primeiro período do dia, espera-se que a afluência seja em maior numero neste segundo período. É que todos os actores estão empenhados na luta contra a abstenção que na primeira volta das presidenciais, rondou os 44 por cento.

Hoje os cidadãos cabo-verdianos residentes no arquipélago e na diáspora votam para a escolha do próximo Presidente da Republica.

Na corrida estão Jorge Carlos Fonseca apoiado pelo MPD e Manuel Inocêncio Sousa que conta com o apoio do PAICV.

XS
SM
MD
LG