Links de Acesso

Canadá considera de "duvidosa" sentença contra activistas angolanos

  • Redacção VOA

Justin Trudeau, primeiro-ministro do Canadá

Justin Trudeau, primeiro-ministro do Canadá

Governo diz estar "profundamente preocupado com a aparente falta de aplicação de um processo legal no caso".

A Embaixada do Candá em Angola afirma estar “profundamente preocupada com a aparente falta de aplicação de um processo legal a este caso, bem como as implicações para o Estado de Direito em Angola”, num comunicado emitido nesta terça-feira,5, sobre as sentenças aplicadas aos 17 activistas em Luanda.

Em particular, continua aquela representação diplomática, “o Canadá está particularmente desapontado com a recusa de acesso ao julgamento para observadores internacionais e não está convencido quanto à proporcionalidade das penas resultantes do processo”.

Neste sentido, a Embaixada do Canadá apela ao Governo de Angola a envidar todos os esforços para assegurar “que aos acusados seja assegurado um processo justo e que a justiça prevaleça, consistente com a obrigação constitucional do Governo, de promover e defender os direitos humanos e liberdades fundamentais, bem como garantir a sua implementação”.

O Executivo do Canadá reitera o apoia o Governo de Angola nos esforços internacionais” perante a cidadania global e a promoção de direitos humanos justos para um Estado democrático que se baseie no Estado de Direito.’

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG