Links de Acesso

Cabo-verdianos manifestam-se contra aumento de salários e regalias dos políticos

  • Eugénio Teixeira

Assembleia Nacional, Cabo Verde

Assembleia Nacional, Cabo Verde

Evento acontece hoje a partir das 16 horas em quatro cidades.

O Movimento Acção Cívica(MAC) promove hoje, 30, em quatro cidades cabo-verdianas (Praia, Mindelo, Espargos e Assomada) manifestações contra a aprovação pelo parlamento do novo estatuto dos titulares de cargos políticos.

Roni Moreira, um dos elementos do MAC afirma que a manifestação não é contra os políticos cabo-verdianos, mas sim contra a aprovação do estatuto que aumenta o salário do presidente da República em 65 por cento, incluindo outras tantas regalias para todos os titulares de cargos políticos.

O membro do movimento diz não compreender como um país que sofreu mau ano agrícola devido à falta de chuvas, que teve de enfrentar a erupção vulcânica do Fogo, que possui uma grande taxa de desemprego e outros problemas que afectam as classes mais pobres, vem agora aprovar o estatuto que aumenta os salários da classe política, sem contar outras regalias com avultados custos para o tesouro do estado.

Roni Moreira explica que o argumento avançado de que a classe política precisa ganhar bem para a moralização de função que exerce não colhe. Igualmente não concorda que os políticos precisam ajustar os respectivos salários porque muitos gestores de empresas e institutos do Estado auferem salários superiores em relação aos titulares de cargos políticos.

Se isso acontece, de acordo com o membro do MAC, deve-se à incompetência dos poderes políticos de fazerem cumprir a lei.

Na democracia cabo-verdiana, o movimento acção cívica deseja que os cidadãos tenham mais voz, por isso devem lutar para haja uma democracia participativa.

As manifestações acontecem hoje a partir das 16 horas locais.

XS
SM
MD
LG