Links de Acesso

Cabo Verde reforça segurança da Embaixada da França e nas fronteiras

  • Redacção VOA

José Maria Neves

José Maria Neves

Primeiro-ministro pediu uma forte aliança contra o terrorismo e todas as formas de intolerância.

O Governo cabo-verdiano reforçou a segurança na embaixada de França e anunciou medidas semelhantes nos portos.

A informação foi revelada nesta segunda-feira, 16, pelo primeiro-ministro que justificou as medidas com os atentados da passada sexta-feira, em Paris.

José Maria Neves observou um minuto de silêncio em frente à embaixada da França na capital cabo-verdiana, Praia, juntamente com meia dezena de diplomatas estrangeiros, ministros, deputados, académicos e jovens.

Neves classificou o acto de sexta-feira de "terrível, de horror e de terrorismo, contra a liberdade, contra a democracia e contra o Estado de direito democrático".

Por isso, defendeu o primeiro-ministro, “toda a humanidade deve unir-se porque trata-se também de um atentado contra a humanidade, contra o mundo livre. É preciso uma forte aliança do mundo para combater o terrorismo e todas as formas de intolerância".

XS
SM
MD
LG