Links de Acesso

Cabo Verde põe em quarentena barcos chineses provenientes da Serra Leoa

  • VOA Português

Baia do Mindelo, São Vicente, Cabo Verde

Baia do Mindelo, São Vicente, Cabo Verde

Em Cabo Verde as autoridades puseram hoje, 6, em quarentena 10 barcos de pesca chineses com um total de 109 tripulantes a bordo provenientes da Serra Leoa como forma de prevenção contra o vírus do ébola. O Governo de da Praia autorizou a ida dos barcos aos estaleiros navais da Cabnave, em S.Vicente, mas só poderão entrar depois do período de 21 dias de observação estipulado pela Organização Mundial da Saúde.

O Governo de Cabo Verde proibiu a entrada de pessoas provenientes da Libéria, Serra Leoa e Guiné-Conacri, países que enfrentam uma epidemia de ébola. No entanto, como o primeiro-ministro José Maria Neves disse ter sido aberta uma excepção para receber os barcos porque "se encontravam ao largo da Serra Leoa, portanto sem contacto com pessoas eventualmente infectadas com ébola.

Neves garante, entretanto, que o caso está a ser seguido pelas autoridades.

Apesar das medidas consideradas radicais tomadas pelo seu Governo ao impedir a entrada de qualquer pessoa proveniente dos países afectados pelo ébola, José Maria Neves diz que as actividades não param.

Recorde-se que em Agosto as autoridades cabo-verdianos tinham colocado em quarentena os tripulantes de um barco chinês proveniente da Libéria.

XS
SM
MD
LG