Links de Acesso

Cabo Verde: Governo promete medidas para travar alcoolismo

  • Eugénio Teixeira

Um estudo divulgado recentemente pela OMS coloca Cabo Verde no terceiro lugar do grupo de países africanos de língua portuguesa que mais consomem bebidas alcoólicas.

Esse facto preocupa as autoridades do arquipélago, que prometem medidas para inverter a situação.

Tratando-se de um problema do ponto de saúde pública grave, com consequências para a saúde mental e capacidade de trabalho e produção, o presidente da associação cabo-verdiana de prevenção ao alcoolismo defende que o país deve adoptar uma estratégia nacional e reforçar o trabalho nessa área.

Orlando Borja diz que a Associação de prevenção do alcoolismo está engajada nessa luta.
O papel das famílias na prevenção e combate ao consumo do álcool revela-se muito importante segundo o presidente da Associação que trabalha nessa problemática, ponto de vista também defendido pela ministra da educação e desporto, Fernanda Marques.

Sendo a camada juvenil o público-alvo por ser a maior franja da população, a ministra da educação disse o referido ministério vem adoptando um conjunto de medidas para prevenir o uso de bebidas alcoólicas e outras drogas no seio dos alunos e professores.

A governante é de opinião que ao Governo cabe o papel de definir políticas e estratégias de prevenção e combate ao consumo do álcool, mas reforça que todos os cidadãos têm responsabilidade na matéria, ressalvando neste caso o papel de família.
XS
SM
MD
LG