Links de Acesso

Cabo Verde: Governo avisa que vulcão poderá causar elevados prejuízos e vítimas

  • Redacção VOA

Vulcao do Fogo em erupção, 23 de Novembro, 2014. Foto Neuza De Pina

Vulcao do Fogo em erupção, 23 de Novembro, 2014. Foto Neuza De Pina

Governo emitiu declaração de "contingência"; erupção no Fogo aumentou de intensidade

O Governo de Cabo Verde emitiu hoje uma "declaração de contingência", temporalmente indefinida, que abrange as ilhas cabo-verdianas do Fogo e Brava e avisou que o vulcão em erupção no Fogo poderá causar elevados prejuízos materiais e vitimas.

O Ministério da Administração Interna disse que já foram e estão a ser mobilizados meios com vista à tomada de medidas preventivas, que incluem a evacuação das respectivas populações.

O Presidente e o primeiro-ministro de Cabo Verde apelaram à calma na sequência da erupção vulcânica na ilha do Fogo

Em declarações aos jornalistas, os chefes do Estado, Jorge Carlos Fonseca, e do Governo, José Maria Neves, pediram às populações para seguirem as instruções das autoridades competentes e que as cumpram "com calma e serenidade".

Por seu lado, a ministra da Administração Interna, Marisa Morais, reafirmou que se poderá estar perante uma erupção de "grande intensidade", maior do que a registada em 1995, pelo que apelou para que os cerca de mil habitantes de Chã das Caldeiras abandonem a localidade.

A ministra disse que a erupção vulcânica aumentou de intensidade subindo do nível 1 para 3, numa escala ade 5

Marisa Morais, em declarações à Rádio Nacional de Cabo Verde (RCV), confirmou que a evolução da intensidade "tem sido muito rápida", mas apelou à "calma", assegurando que já está em curso o plano de emergência com todas as instituições ligadas ao Serviço Nacional de Protecção Civil (SNPC).

O vulcão entrou em erupção ontem e a ministra admitiu também a "imprevisibilidade" da força do vulcão.

XS
SM
MD
LG