Links de Acesso

Cabo Verde garante apoio às eleições na Guiné-Bissau em 2014


José Maria Neves

José Maria Neves

As eleições na Guiné-Bissau previstas para Novembro foram adiadas para o primeiro trimestre de 2014 devido a atrasos a nível do recenseamento - informação avançada pelo primeiro-ministro de Cabo Verde José Maria Neves

Em declarações à Voz da América a partir do Senegal, José Maria Neves confirma o adiamento das eleições na Guiné-Bissau e diz que a CEDEAO está a trabalhar no sentido de que sejam realizadas ainda no primeiro trimestre de 2014.


Apesar de Cabo Verde não reconhecer o actual Governo de transição da Guiné-Bissau, José Maria Neves garante que o seu executivo irá ajudar, no quadro da Cedeao, no processo eleitoral e na reforma das Forças Armadas após a instalação do novo Executivo.

Questionado sobre a estabilização das relações com a Guiné-Bissau, o primeiro-ministro de Cabo Verde aponta para depois das eleições.

Era o primeiro-ministro de Cabo Verde José Maria Neves a reiterar o apoio de Cabo Verde às eleições na Guiné-Bissau previstas para o primeiro trimestre de 2014.
XS
SM
MD
LG