Links de Acesso

Cabo Verde: Saneamento básico ocupa lugar de destaque nas eleições

  • Eugénio Teixeira

Alguns candidatos das eleições autárquicas têm destacado a importância de se reforçar as condições para a preservação do meio ambiente e saneamento, em Cabo Verde.

A votação vai decorrer no dia 4 de Setembro.

Um dos grandes problemas que as câmaras municipais enfrentam prende-se com o saneamento do meio.

A recolha de lixo é deficiente e muitas famílias não possuem casas de banho, e enfrentam outras dificuldades.

O antigo presidente da Câmara Municipal da Ribeira Brava, Américo Nascimento, considera fundamental a aposta na educação da população para que contribua na limpeza, seguindo-se a criação de programas de apoio às famílias carenciadas na construção de casas e banho e habitações.

Por outro lado, Nascimento destaca a importância da ligação domiciliária e o abastecimento regular de água, tendo em conta que sem o precioso liquido torna-se difícil garantir um bom saneamento.

O antigo edil da Ribeira Brava aponta a criação de aterros sanitários como prioridade.

Outro aspecto ressalvado pelo ex-autarca tem a ver com a necessidade de se tratar o lixo, uma vez que se pode aproveitar muita coisa que é deitada fora.

O investimento nas energias renováveis deverá constituir também prioridade dos municípios, já que com a produção de energia limpa, segundo Nascimento, estar-se ia a contribuir para a preservação do meio ambiente.

Na conversa com VOA, o antigo presidente da Nascimento falou da necessidade de se reforçar os mecanismos de exercício do poder local, com a alocação de mais meios financeiros, humanos e técnicos, visando uma gestão aberta e próxima das populações.

A delimitação de mandato autárquico é outro assunto referido por Nascimento, que defende o limite de três mandatos consecutivos.

XS
SM
MD
LG