Links de Acesso

Cabo Verde açoitado pelo furacão Fred

  • Redacção VOA

Furação Fred, Cabo Verde

Furação Fred, Cabo Verde

Não há vítimas, mas registam-se avultados danos físicos e uma centena de evacuados.

O arquipélago de Cabo Verde está a ser açoitado desde as primeiras horas desta segunda-feira, 31, pelo furacão de categoria 1, Fred.

Não há vítimas humanas, mas há muita destruição e uma centena de evacuados.

A primeira ilha a ser atingida foi a de Santiago, onde algumas estradas foram afectadas, interrompendo a circulação por momentos.

Registou-se também muita chuva.

Mais tarde, Boavista e Sal, também estiveram sobre forte influência de rajadas de vento e inundações na costa.

Neste momento, o furacão está a aproximar-se da ilha de São Nicolau, onde as autoridades pediram para ninguém sair de casa.

No Sal, o vento e as inundações destruíram um dos ícones da praia de Santa Maria, o Pontão, enquanto os hotéis eram invadidos por muito água.

As autoridades na ilha do Sal evacuaram 76 crianças, 39 mulheres e oito homens de três bairros de lata.

A Cruz Vermelha local está preparar toda a logística.

Neste momento, o furacão aproxima-se da ilha de São Nicolau, onde as autoridades pediram para ninguém sair de casa.

A câmara de Tarrafal de São Nicolau emitiu no final desta segunda-feira,um comunicado no qual alerta para a intensificação da força do vento.

A autarquia expressa a sua preocupação com a população da zona de Fragata, localidade encrava, sem via de acesso, e onde existem casas com cobertura de telha e palha, que podem ser afectadas.

A protecção civil local está em alerta máximo.

Os aeroportos do país encontram-se fechados e está proibido qualquer movimento de navios.

A jornalista da Radio Televisão Caboverdiana Dina Ferreira fala à VOA sobre a passagem do Fred pela ilha do Sal.

XS
SM
MD
LG