Links de Acesso

Cabinda: Trabalhadores de saneamento entram em greve

  • Redacção VOA
  • William Mapote

Os trabalhadores da empresa de saneamento básico de Cabinda Masafa entraram esta quinta-feira, 15, em greve para pressionar pelo pagamento dos quatro meses de salários em atraso.

Alguns trabalhadores dizem que foram retirados das casas onde viviam a pagar renda por falta de pagamento. "A empresa que nós trabalhamos não nos paga há quatro meses, já entramos no novo ano e nada de salários", disse um trabalhador que pediu o anonimato.

Outro trabalhador que preferiu também falar em anonimato disse que as dificuldades por falta de dinheiro já começaram a surgir: "As crianças estão sem matrícula na escola, eu próprio já fui corrido da casa que pagava renda".

Para além da falta de salário há ainda, segundo o trabalhador, falta de condições de trabalho.

"Nem máscara nem nada, trabalhamos mesmo assim sem nenhuma protecção", denunciou.

A VOA soube que o Governo de Cabinda esteve reunido para resolver esta situação mas desconhecem-se os pormenores.

Anteriormente, tinha sido noticiado que as companhias não podiam pagar aos seus trabalhadores porque o governo de Cabinda não paga as suas contas a essas empresas.

XS
SM
MD
LG