Links de Acesso

Derrame de petróleo ao largo de Cabinda

  • José Manuel

Plataforma petrolífera ao largo de Cabinda

Plataforma petrolífera ao largo de Cabinda

Praias poluídas. Chevron faz limpeza mas diz desconhecer origem do derrame

A costa de Cabinda está a ser manchada por um derrame petrolífero ocorrido nas zonas de exploração ao largo da costa.


Fontes oculares a que a VOA teve acesso disseram que o derrame de “crude” é proveniente das zonas de exploração de petróleo da multinacional americana Chevron.

A companhia nega que tenha ocorrido um derrame nas suas zonas de exploração não obstante ter destacado para algumas praias especialistas da companhia para limpeza dos resíduos petrolíferos.

Nas praias de Mandarim e Chela mais atingidas pelo crude a Chevron recrutou pescadores para a limpeza dos resíduos.

A VOA encontrou no terreno pescadores cobertos de petróleo por não terem ao seu dispor o vestuário necessário para efectuar esse tipo de trabalho de limpeza.

Os pescadores são alegadamente pagos 50 dólares pelo trabalho.
A Chevron disse que vai emitir um comunicado sobre a situação mas nega conhecer a origem e a magnitude do derrame.
As autoridades de cabinda recolheram amostras e vão efectuar exames de laboratório às mesmas.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG