Links de Acesso

Cabinda e Congo discutem perigo da ébola

  • José Manuel

Há receios que a doença possa entrar em território angolano através da fronteira com os dois Congos

As autoridades sanitárias de Cabinda e do Congo Brazaville, reuniram-se esta Quinta-feira, 24, na fronteira de Massabi para estudarem formas de controlo da propagação do vírus da ébola no enclave de Cabinda.

Esta reunião de acordo com a chefe da delegação angolana Carlota Tati, faz parte do pacote de medidas elaboradas pelas autoridades angolanas para impedir a propagação da doença em Angola.

Carlota Tati não disse contudo que medidas de vigilância epidemidemiológica serão adoptadas nas fronteiras para controlar os cidadãos provenientes dos países vizinhos.

Apesar da epidemia constituir preocupação das autoridades angolanas a população espera ver medidas concretas no controlo dos estrangeiros que entram para a província à partir dos congos dada a extensão fronteiriça existente entre o enclave com a RDC e o congo Brazaville.

Encontros similares foram realizadas recentemente com as autoridades sanitárias da RDC, por aquele país vizinho constituir maior preocupação dado o fluxo migratório existente entre os dois vizinhos.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG