Links de Acesso

Cabinda: Capitão de navio naufragado critica autoridades portuárias

  • José Manuel

Oficial diz que ajuda só veio na tarde do dia seguinte

O comandante de um navio que naufragou recentemente ao largo de Cabinda disse que a ajuda pedida às autoridades portuárias de Cabinda chegou demasiado tarde.

Numa declaração formal em que protesta contra as acções das autoridades portuárias, o Capitão Alejandro Balmores disse que o navio embateu contra um objecto desconhecido começando a meter água no passado dia 15 de Maio.

O Capitão Balmores disse ter pedido de imediato ajuda às autoridades portuárias de Cabinda para o envio de bombas de água e rebocadores mas que como resposta lhe foi dito que só na manhã seguinte é que seguiria a ajuda.

O capitão rejeita qualquer responsabilidade pelo naufrágio e iliba também a sua tripulação e companhia, atribuindo a culpa ao objecto não identificado contra o qual o navio embateu.

O navio Sallos de origem panamiana seguida de Ponta Negra proveniente do Dubai com cerca de 155 contentores a bordo.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG