Links de Acesso

UNITA exige demissão do governador de Cabinda

  • José Manuel

Crianças num bairro de Cabinda.

Crianças num bairro de Cabinda.

Mawete João Baptista de falta de sentido de governação e de desrespeito relativamente à especificidade do enclave

A UNITA deplora a situação social da população de Cabinda e pede a demissão do governador provincial, Mawete João Batista.
Mawete João Batista

Mawete João Batista


A petição daquele movimento angolano vem sustentada numa nota de imprensa, tornada pública terça-feira, em Cabinda, onde o secretariado local do movimento de galo negro acusa o executivo provincial e o também general Mawete João Baptista de falta de sentido de governação e de desrespeito relativamente à especificidade do enclave.

O pedido de demissão do governador, segundo a UNITA,justifica-se pela falta de execução e implementação dos investimentos aprovados para a província, para o biénio 2010 e 2011, e por não ter justificado o destino dado aos cerca de nove bilhões de kwanzas, orçamentados pelo Ministério das Finanças, para o desenvolvimento local.

João Manuel,secretário para a comunicação da UNITA, caracteriza o quadro sócio-político de "dramático".

Na sua nota de imprensa, a UNITA lamenta ainda a situação crítica das vias terciárias,a falta de construção das casas sociais,de infra-estruturas sanitárias como,por exemplo,as obras do Hospital Provincial de Cabinda, para além de outros empreendimentos sociais de carácter social.

XS
SM
MD
LG