Links de Acesso

Buscas por sobreviventes de naufrágio em Cabo Verde continuam

  • VOA Português

Cabo Verde, Marina do Mindelo

Cabo Verde, Marina do Mindelo

Dez pessoas foram encontradas com vida e uma morte, mas 15 continuam desaparecidas.

Em Cabo Verde, um navio de nome Vicente, com 18 tripulantes e oito passageiros a bordo, entre elas uma criança, naufragou ontem à noite a quatro milhas náuticas do porto de Vale dos Cavaleiros na ilha do Fogo.

Até agora, foram recuperadas 10 pessoas com vida e uma morta, e as autoridades com recurso a várias embarcações, um avião e um helicóptero continuam as buscas.

Mau tempo, excesso de peso e deficiente condições do navio Vicente podem estar na origem do naufrágio, mas até agora o Governo apenas disse que está a acompanhar a situação.

Dois tripulantes resgatados com vida disseram à Televisão de Cabo Verde hoje que tanto o capitão como o imediato, ambos de nacionalidade cubana, foram avisados na Praia, antes da partida, que a carga era excessiva, mas que mesmo assim decidiram fazer a viagem com destino ao Fogo.

Segundo o capitão do navio de combustíveis Cipreia, que estava a sair do porto, o navio Vicente afastou-se um pouco para que ele pudesse fazer as manobras, mas quando saiu o Vicente tinha desaparecido. Ele chegou a ver apenas balsas e barcos salva-vidas vazios.

Este é o quinto incidente com barcos em Cabo Verde, desde Setembro de 2013 quando o navio de carga Rotterdam, com seis tripulantes a bordo, desapareceu horas depois de ter saído do Porto da Praia e até hoje não se sabe do seu paradeiro.

Mais tarde, um navio de transportes de passageiros colidiu com a embarcação de combustíveis Cipreia e no ano passado dois outros navios encalharam, um nas costas de Santiago e outro perto da Boavista.

Enquanto as buscas continuam, o presidente do principal partido da oposição, o MpD, Ulisses Correia e Silva pediu que sejam apuradas e assumidas responsabilidades e apontou o dedo à Guarda Costeira que apenas hoje chegou ao local.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG