Links de Acesso

Burundi: Nações Unidas denunciam estupros e valas comuns


Manifestação no Burundi

Manifestação no Burundi

A Organização das Nações Unidas registou, no Burundi, casos de estupros realizados por grupos de forças de segurança em buscas nas casas de membros da oposição, disse, hoje, o Alto Comissario para os Direitos Humanos da organização, Zeid Ra'ad Al Hussein.

Al Hussein disse que foram ouvidos testemunhos que relatam a existência de valas comuns, na sequência da violência vivida no país.

“Os ataques de 11 de dezembro contra três campos militares e violações aos direitos humanos em larga escala... parecem ter deflagrado padrões de violações novos e extremamente perturbadores,” lê-se num comunicado de Zeid.

Burundi viu agravada a violência desde que o presidente Pierre Nkurunziza decidiu recandidatar-se a um terceiro mandato, num processo bastante contestado pela oposição.

XS
SM
MD
LG