Links de Acesso

Ouvinte diz que brasileiros estão indiferentes e desrespeitando uns aos outros

  • Danielle Stescki

Espaço do Ouvinte

Espaço do Ouvinte

Anderson Aquino não gosta de ser chamado de brasileiro, e diz que prefere sair do Brasil e ir para um outro país.

Anderson Costa de Aquino, de 43 anos, cuida de idosos em Campinas, São Paulo, Brasil.

Nesta segunda entrevista para a rubrica Espaço do Ouvinte, ele fez um comentário sobre a crise que assola o país e sobre o comportamento negativo do brasileiro.

"Não há diálogo e nem respeito entre as pessoas. Aqui cada um quer dominar o outro. Não há consenso."

Para Aquino, os brasileiros vivem num tempo de muita confusão e nem conseguem saber o que fazer para sair dessa situação.

Além de falar da crise nacional, ele também comentou o aumento da criminalidade em Campinas.

“Já houve dois atentados à bomba em uma empresa de segurança chamada "Protege Proteção e Transporte de Valores. Os bandidos usaram armas de guerra no ataque".

Anderson Aquino acredita que a situação no Brasil não vai melhorar antes de 2020.

Confira a entrevista na íntegra.

XS
SM
MD
LG