Links de Acesso

Brasil prepara projectos em segurança alimentar para a Guiné-Bissau


Jose Graziano da Silva

Jose Graziano da Silva

O embaixador brasileiro nas Nações Unidas, Antonio Patriota, disse que o Brasil quer apoioar com novos projectos de segurança alimentar na Guiné-Bissau em parceria com a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO).

"Eu também tenho conversado com o director-geral da FAO, que é brasileiro (José Graziano da Silva), porque existem desafios e necessidades no campo da segurança alimentar. Mas a boa notícia é que a FAO já está presente. Eu creio que a FAO poderá dar um apoio muito significativo num momento em que existe uma certa fragilidade, como apontada pelo primeiro-ministro Simões Pereira, devido à inundação de certas áreas que produziam arroz em Guiné-Bissau", afirmou Patriota à Rádio ONU.

O diplomata disse ainda que o Brasil, que lançou uma entidade de cooperação em segurança com Bissau, pretende reactivar o centro João Landim, que conta com alguns policiais brasileiros, em parceria com o governo guineense.

XS
SM
MD
LG