Links de Acesso

2011: Brasil Tem Grandes Expectativas para o Ano Novo


Nova Presidente do Brasil, Dilma Rousseff.

Nova Presidente do Brasil, Dilma Rousseff.

Com a posse hoje de Dilma Rousseff, o ano começa cercado pela grande expectativa em torno do desempenho da nova dirigente

Alguns acontecimentos importantes devem marcar o 2011 dos brasileiros. O mais destacável deles já acontece neste primeiro dia do ano: a posse da primeira mulher que irá governar o Brasil, a petista Dilma Rousseff. A sucessora do popular presidente Luiz Inácio Lula da Silva toma posse neste sábado, 1 de Janeiro, na capital Brasília, assegurando o cumprimento das promessas de campanha.

Com a posse de Dilma Rousseff, o ano começa cercado pela grande expectativa em torno do desempenho da nova dirigente. A grande pergunta é quais são as chances da governante repetir, pelo menos, parte do sucesso da passagem do presidente Lula pela presidência.

Economia

Para muitos analistas brasileiros, o maior desafio de Dilma Rousseff será criar uma marca própria e se desvencilhar da imagem de Lula, além de enfrentar as questões econômicas. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, já prevê para este 2011 uma redução da atividade econômica, na comparação com 2010. Para o ano que começa é esperada uma desaceleração da atividade, com crescimento ficando em torno de 5%. Dilma terá, ainda, que lidar com as exportações em queda e a desvalorização do dólar.

Política externa

A política externa brasileira de forma geral vai ser desafiante para o governo em 2011. Analistas apostam que
Dilma Rousseff deve tomar para si um papel de menos destaque nas questões internacionais do que o assumido pelos dois últimos presidentes brasileiros.

Muitos já apostam na imediata mudança de postura do governo brasileiro com relação ao Irã, neste 2011. A nova presidente, sem tanta experiência em questões tão delicadas, deverá deixar o assunto para o seu ministro das Relações Exteriores, Antônio Patriota, que já manifestou pouca boa vontade com os iranianos.

ONU e África


Já no início de 2011, o Brasil estará em foco nas atenções do mundo. O país vai assumir a presidência rotativa do Conselho de Segurança das Nações Unidas, em Fevereiro. O órgão é dirigido a cada mês por um de seus 15 países-membros.

É grande expectativa, também, para este 2011 em torno do futuro da relação do Brasil com a África, Continente tão presente na gestão Lula. Enquanto a política Brasil-África do novo governo vai ganhando contornos, um legado do presidente Lula adquire formas concretas este ano, com o início das obras de construção do campus da Universidade Luso-Afro-Brasileira.

A instituição, que será instalada no município de Redenção (CE), atuará em cooperação com os países de língua portuguesa da África. Dez mil profissionais africanos e brasileiros devem ser qualificados na Universidade.

XS
SM
MD
LG