Links de Acesso

Brasil: 2016 em perspectiva

  • Patrick Vaz

Sao Paulo, Brasil on Dez 30, 2015.

Sao Paulo, Brasil on Dez 30, 2015.

Incertezas políticas, sociais e económicas.

As perspectivas para o Brasil em 2016 passam directamente pelo enfrentamento das graves crises política e económica instaladas no país.

Especialistas nas mais diversas áreas entendem que se o Governo não conseguir solucionar esses problemas o mais rapidamente possível, o próximo ano será perdido.

O cientista político Eduardo Martins explica por que buscar imediatas soluções para esses entraves são tão importantes.

“Acredito que temos que enfrentar esse debate político em busca de uma solução no que diz respeito aos dois poderes. O executivo no sentido do impeachment, afinal de contas qual será a situação? E definindo já as regras do processo. O país não pode mais ficar parado. Temos também a situação do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, que enfrenta outro processo. É preciso definir se ele fica ou não à frente da Câmara. Essas duas questões têm que ser resolvidas o quanto antes possível de forma madura e equilibrada. Disso depende todo o desfecho da condução do país. Afinal, sem essas duas questões solucionadas não conseguiremos retomar a credibilidade do povo em relação às instituições no país, nem tampouco ter força suficiente para fazer o enfrentamento das graves crises (política e econômica) que passamos”, ressaltou.

No campo económico, as perspectivas para 2016 são de mais um ano de muitas dificuldades para os brasileiros.

Especialistas apostam que o desemprego deve aumentar no país e o poder de compra do trabalhador vai continuar baixo.

O economista Felipe Leroy traça um panorama para os próximos meses.

“Um cenário tanto quanto conturbado, que atualmente já é muito instável. Percebe-se que estamos pagando um preço muito alto, mas inevitavelmente o ajuste fiscal precisa ser feito. O governo tem um alto nível de endividamento e nós temos que pagar esse preço custe o que custar. É muito preocupante para nós que estamos vivenciando esse cenário um tanto quanto instável. Pode piorar muito”, analisou o economista.

Leroy chama a atenção do Governo pela postura adoptada no mercado que pode afastar ainda mais os investidores e reduzir os postos de trabalho.

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, está convencido de que o Brasil precisa urgentemente superar a crise política e exportar muito para conseguir retomar o seu crescimento em 2016.

“Acho que temos que superar esse momento e enquanto isso estamos trabalhando. A exportação nesse momento é um canal muito importante para a retomada do crescimento. Temos que aproveitar essa oportunidade e engajar fortemente o setor produtivo brasileiro nesse esforço de exportação. Quando o mercado interno retrai você tem que olhar para o mercado externo”, concluiu o ministro que espera o regresso da retoma económica em 2016.

XS
SM
MD
LG