Links de Acesso

Bósnia apresenta candidatura à União Europeia


Dragan Covic (esquerda) após a entrega da candidatura ao ministro dos negócios estrangeiros da Holanda, Bert Koenders (centro) e alta representante da União Europeia, Federica Mogherini (direita)

Dragan Covic (esquerda) após a entrega da candidatura ao ministro dos negócios estrangeiros da Holanda, Bert Koenders (centro) e alta representante da União Europeia, Federica Mogherini (direita)

A Bósnia apresentou, hoje, o seu pedido de adesão à União Europeia (UE), mas os dirigentes do bloco enfatizaram que a integração só será concretizada dentro de alguns anos, escreve a AFP.

"Será um ano cheio de desafios", admitiu o presidente em exercício da presidência da Bósnia, Dragan Covic, ao entregar o pedido de adesão à presidência holandesa da UE.

O país de 3,8 milhões de habitantes e uma taxa de desemprego de mais de 40% tem como grande desafio a melhoria da sua economia.

Em 2003, a Bósnia obteve a classificação de "candidato potencial", mas jamais conseguiu obter oficialmente este estatuto devido às divisões políticas entre as comunidades sérvias, croata e muçulmana, que impedem qualquer reforma.

XS
SM
MD
LG