Links de Acesso

Boko Haram poderá escolher uma ONG para ajudar a libertar as raparigas de Chibok, diz Buhari

  • Serviço Português

Familiar de uma das raparigas de Chibok

Familiar de uma das raparigas de Chibok

Raparigas de Chibok foram raptadas em 2014.

A Nigeria poderá permitir que que o grupo Boko Haram escolha uma organização não-governamental para ser intermediária em conversações para a libertação de cerca de 200 raparigas raptadas na vila de Chibok, em 2014, disse hoje, 28, o Presidente Muhammadu Buhari.

No ano passado, Buhari manifestou a prontidão do seu governo em negociar a lidertaçao das raparigas com o Boko Haram, mas o grupo rebelde não comentou sobre a proposta.

A falha das autoridades nigerianas em encontrar as raparigas raptadas foi respondida com manifestações nacionais e internacionais. Críticos do antigo Presidente, Goodluck Jonathan, disseram que o seu governo era bastante lento.

Ainda não são conhecidas negociações entre o governo nigeriano e o Boko Haram, cuja rebelião de sete anos matou 15 mil pessoas no nordeste da Nigéria, onde o grupo pretende criar um estado islâmico.

"O governo que presido está preparado para conversar com líderes de boa-fé de Boko Haram", Buhari disse a jornalistas numa conferência sobre o desenvolvimento Africano na capital do Quénia, Nairobi.

"Se eles não quiserem conversar connosco directamente, poderão escolher uma Organização não-governamental internacionalmente reconhecida”, disse Buhari, citado pela Reuters.

Ele acrescentou que “as negociações poderão começar com a troca de prisioneiros se o Boko Haram fornecer evidência de que as raparigas estão com o grupo”.

XS
SM
MD
LG