Links de Acesso

Boko Haram mata oito civis e cinco soldados em Nigéria

  • Redacção VOA

Ataques acontecerem no fim de semana

Os grupo terrorista Boko Haram mataram oito civis e cinco soldados em dois ataques separados no nordeste da Nigéria neste fim de semana, informaram diferentes fontes neste domingo, 9.

No sábado, nove pessoas que saíram para cortar lenha a cerca de 10 quilómetros de Maiduguri, capital do estado de Borno, foram detidas perto da aldeia de Kayamla por um grupo de combatentes.

"Os homens armados detiveram o carro e juntaram os homens. Mataram oito deles e queimaram os seus corpos", relatou Babakura Kolo, membro de uma dessas milícias civis.

Segundo ele, os lenhadores sabiam da presença de extremistas, mas "ignoraram a advertência, porque buscavam desesperadamente um meio de alimentar as suas famílias e cortar lenha é sua única opção".

Na sexta-feira, 7, cinco militares morreram noutro ataque, a 50 quilómetros de Maiduguri.

"Às 13h (horário local), um grupo de supostos terroristas do Boko Haram armaram uma emboscada para uma patrulha na aldeia de Mafa, matando cinco soldados. Dois ficaram feridos", declarou um oficial, que pediu para não ser identificado.

Um miliciano confirmou a informação para a AFP.

Nesse mesmo dia, eles também sequestraram 13 mulheres de um grupo que havia saído para colher frutas perto da localidade de Hambagda, na fronteira com Camarões.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG