Links de Acesso

Bloco Democrático, na região sul, satisfeito com o programa de expansão

  • Teodoro Albano

Justino Pinto de Andrade, líder do Bloco Democrático, Angola

Justino Pinto de Andrade, líder do Bloco Democrático, Angola

O facto de o partido ter agora representação nas províncias do Namibe e Huíla é sinal revelador de que as bases lançadas com este propósito começam a produzir os primeiros resultados.

Fruto da expansão, o secretário provincial do Bloco Democrático na Huíla, António André, anuncia para os próximos dias a conferência provincial que deverá discutir os assuntos a serem levados na convenção nacional do partido prevista para Novembro.

“Estamos a trabalhar no terreno com o pessoal militante e não só e estamos a organizar a assembleia provincial a nível da Huíla. Depois desta assembleia então realizaremos a conferência provincial para podermos eleger os delegados à convenção nacional que será em Novembro. Aliás os participantes a conferência provincial terão como base principal levar as linhas mestras de como devem ser as próximas atitudes do partido em relação a população”.

Para o activista do Bloco Democrático, para a região Sul, Maurício Kalianguila, o grande desafio do partido nesta altura é chegar a província do Cunene. Para tal fez saber o político alguns passos já foram dados.

“As nossas atenções agora estão viradas para o Cunene para ver se também podemos fazer o mesmo constituir o secretariado provincial do Cunene e posteriormente a expansão pelos municípios. Alguns passos em princípio já foram dados temos alguns problemas no Cunene no tocante a sua reorganização”.

Bloco Democrático prossegue programa de expansão na região sul, agora tenta desbravar terrenos nas terras do rei Mandume, tidas como um dos fortes bastiões do partido no poder.

XS
SM
MD
LG