Links de Acesso

Bloco Democrático condena sentenças de activistas

  • Redacção VOA

Autoritarismo tomou conta dos destino dos país, diz a organização

O Bloco Democrático condenou, hoje, 28, as sentenças dadas por um tribunal de Luanda a 17 activistas afirmando não ter dúvidas que foi processo com motivações políticas.

Num comunicado do Bloco lê-se que tratou-se “de um julgamento político e de uma condenação encomendada pelo poder político, sob mandato expresso do Presidente da República”.

Para o Bloco, as condenações põem em causa “a democracia, que sofre um rude golpe”, mostrando também “com clareza que o autoritarismo restaurado tomou conta dos destinos da Nação”.

E, continua o comunuicado do Bloco, “com esta posição do poder judicial a criminalização da política assume o aspecto fundamental da luta política do poder, o que é o mesmo que dizer que nem a forma democrática da Constituição constitui salvaguarda para a violação dos direitos dos cidadãos e dos princípios do Estado Democrático”.

O Bloco alerta "ao povo angolano que o combate por uma sociedade livre e democrática, progressista, passa a ser uma conquista a fazer”.

Perante o cenário, o Bloco sugere “a conjugação de esforços no sentido de travar a derrapagem para a ditadura e despoletar, com a coragem que a situação requer, forças para a construção dum estado democrático na prática”.

XS
SM
MD
LG