Links de Acesso

Bloco Democrático acusa PR de violar a constituição

  • Manuel José

O partido Bloco Democrático(BD) acusou o presidente José Eduardo dos Santos de violar a constituição ao adiar constantemente a realização das eleições autárquicas.

A sexta sessão do Conselho Nacional do Bloco Democrático - que confirmou para os dias 29 e 30 de Novembro deste ano a realização do seu terceiro congresso a que o BD designa de Convenção Nacional - produziu um comunicado de 11 pontos lido pelo seu presidente Justino Pinto de Andrade.

No último ponto, o BD mostra o seu desapontamento pela não materialização das eleições autárquicas no país, acusando o Presidente da República de “mais uma vez demonstrar a sua falta de compromisso com a palavra dada, ao remeter para o campo das dúvidas, a ideia da implementação das autarquias, violando assim a constituição da república e impedindo o progresso institucional do país e o seu desenvolvimento equilibrado"

O BD condenou também os sucessivos “actos de repressão” do Executivo contra todos os que tentam manifestar-se pelos seus direitos e classificou o Governo de incoerente ao mostrar uma cara lá fora enquanto no país maltrata os seus cidadãos.

O recente escândalo financeiro do BESA não escapou à critica do Bloco Democrático que disse que esse caso poder ser um indicador de um saque generalizado nas contas publicas.

O BD apelou à sociedade angolana para se manter "atenta face aos recentes escândalos no mercado financeiro nacional que apontam para um saque generalizado do erário publico pelo grupo hegemónico do poder e evidenciam uma despudorada promiscuidade entre os interesses egoístas privados e os interesses nacionais", concluiu o Bloco Democrático.

XS
SM
MD
LG