Links de Acesso

O BD ameaça levar o caso dos ativistas cívicos à justiça internacional.

  • Manuel José

Justino Pinto de Andrade

Justino Pinto de Andrade

Há quase um ano que Isaías Cassule e Alves Kamulingue estão desaparecidos

O Bloco Democrático ameaça levar o caso dos dois activistas cívicos Cassule e Kamulingue as instâncias de justiça internacionais.


Há quase um ano que Isaías Cassule e Alves Kamulingue estão desaparecidos e até este momento a justiça angolana não consegue dar resposta a este processo.

Numa entrevista exclusiva a Voz da América, o presidente do Bloco Democrático, Justino Pinto de Andrade garantiu que vão até as ‘últimas consequências para ver esclarecido o problema.

Justino Pinto Andrade "Como neste país não existe a pena de morte, nós achamos que devemos levar o caso ao extremo, a busca de justiça para com este caso que é um crime hediondo. Se eles até hoje não apareceram, é porque alguma coisa de mal terá acontecido com eles"

Como o partido Bloco Democrático diz não acreditar nos órgãos de justiça do país, Justino Pinto de Andrade considera que o recurso a justiça internacional será a 'única saída para este caso.

Justino Pinto de Andrade "Já que não se pode fazer justiça internamente, nós vamos recorrer as instâncias internacionais e a qualquer momento estas pessoas terão que responder".

O líder do BD assegura que em breve levam o caso a justiça estrangeira e que não estão só nesta empreitada.

Justino P. Andrade: "Não se justifica, nós não estamos em guerra, o mais breve possível nós e outras forças políticas iremos apresentar as instâncias internacionais, para que seja feita justiça na devida altura, alguém há-de pagar por este crime"

Isaías Cassule e Alves Kamulingue foram raptados a 27 de Maio do ano passado quando tentavam integrar uma manifestação de ex-militares, para reivindicar os seus direitos.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG