Links de Acesso

Guiné-Bissau: Presidente Serifo Nhamadjo vai às Nações Unidas

  • Redacção VOA

Presidente Serifo Nhamadjo presidente interino da Guiné-Bissau

Presidente Serifo Nhamadjo presidente interino da Guiné-Bissau

O líder do governo interino afirma que será convidado do governo americano numa recepção e deverá reunir-se igualmente com o Secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon - o que pode significar a aceitação dos golpistas

O presidente interino da Guiné-Bissau anunciou que será ele a representar o país na Assembleia-Geral das Nações Unidas, a ter lugar no final deste mês em Nova Iorque.

O anúncio de Manuel Serifo Nhamadjo foi tornado público sexta-feira, em Bissau, pela Presidência da República, que assume ter sido convidado para uma recepção, pelo governo americano.

O Departamento de Estado americano não respondeu a um pedido da Voz da América para clarificar se, a confirmar-se, a emissão de vistos aos dirigentes resultantes de um golpe de estado e o convite para a recepção, representam uma aceitação da legitimidade dos golpistas.

De acordo com a Agencia Lusa que cita uma nota da presidência guineense divulgada em Bissau, o Presidente da República de transição da Guiné-Bissau, Serifo Nhamadjo, "representará o país ao mais alto nível" na 67.ª Assembleia Geral das Nações Unidas em Nova Iorque.

O evento está marcado para este mês e segundo ainda a nota é "uma ocasião a todos os títulos soberana, para Manuel Serifo Nhamadjo informar o mundo sobre a evolução da transição na Guiné-Bissau, fundamentalmente no que diz respeito aos aspetos político-económico, social e segurança interna", adianta a agencia portuguesa de notícias.

Serifo Nhamadjo, diz a nota do seu gabinete "é um dos convidados de honra do governo dos Estados Unidos para participar numa receção que será oferecida nesta circunstância a mais de 100 personalidades".

O convite das autoridades americanas ao presidente interino da Guiné-Bissau foi endereçado pelo secretário de Estado-adjunto do governo norte-americano para os assuntos africanos, Johnnie Carson, tendo Serifo Nhamadjo já confirmado a presença.

No grupo de convidados, segundo a Presidência, estão nomes como a secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, a embaixadora dos Estados Unidos nas Nações Unidas, Susan Rice, e o secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon.

Serifo Nhamadjo parte para os Estados Unidos no próximo dia 26 e permanece em Nova Iorque até 01 de Outubro, avançou ainda Lusa.
XS
SM
MD
LG