Links de Acesso

Bissau: Militares prometem intensificar luta contra tráfico de drogas

  • Lassana Casamá

Soldados da Guiné-Bissau, dias depois do golpe de Abril de 2012

Soldados da Guiné-Bissau, dias depois do golpe de Abril de 2012

O porta-voz militar, Dahaba Na Walna, convocou a imprensa para falar das perspectivas para o ano que vem.

Na Guiné-Bissau, o estado-maior das forças armadas convocou a imprensa guineense e estrangeira para reportar as suas acções durante o ano 2012 e para prometer uma luta intransigente contra o tráfico de drogas em 2013.

O porta-voz militar, Dahaba Na Walna, que apresentou o aludido relatório, falou das perspectivas para o ano que vem.

Anunciou a criação de espaço de diálogo permanente com os cidadãos, como forma de acabar, “com violações injustificáveis de direitos fundamentais de cidadãos”.

Enquanto se fala muito no eventual envolvimento dos militares no narcotráfico, o porta-voz do estado-maior veio, na mesma ocasião, prometer que em 2013, António Injai vai lutar intransigentemente contra o tráfico de droga no país.

A criação de escola de formação, recrutamento e consequente reforma no sector, assim como a implementação da lei de programação militar, reocupação de técnicos conselheiros militares chineses, russos e cubanos, constam ainda das perspectivas para ano 2013, conforme referiu Dahaba Na Walna.

XS
SM
MD
LG