Links de Acesso

Bissau: Autoridades dizem que não há casos de cólera


A epidemia de cólera já atingiu as vizinhas repúblicas da Guiné-Conacri e do Senegal elevando o nível de alerta das autoridades sanitárias guineenses.

As autoridades sanitárias da Guiné-Bissau afirmaram que vários casos de diarreia registados ultimamente no país não se devem à cólera e que o país não está confrontado com um surto da doença à semelhança da Guiné-Conacri e do Senegal.
Por enquanto considera-se que não passa de um falso alarme. A Guiné-Bissau ainda não registou nenhum caso de cólera, uma garantia do director-geral da prevenção e promoção de saúde, Umaro Ba, que desmentiu notícias, segundo as quais, teriam sido notificados alguns casos no país.


A epidemia de cólera já atingiu as vizinhas repúblicas da Guiné-Conacri e do Senegal, elevando assim o nível de alerta das autoridades sanitárias guineenses.
Umaro Ba, afirmou à VOA que com base nos diagnósticos efectuados até aqui sobre os casos de diarreia já notificados em todo país se concluiu que não se trata de cólera.
Acrescentou contudo que mais análises estão a ser efectuadas no Instituto Pasteur em Dakar no Senegal para afastar de vez as dúvidas em relação aqueles casos.
XS
SM
MD
LG