Links de Acesso

Bissau: Novo Procurador promete combate à impunidade


Malam Bacai Sanhá discursando perante a Assembleia Geral da ONU

Malam Bacai Sanhá discursando perante a Assembleia Geral da ONU

Edmundo Mendes sublinhou que vai ser Procurador-Geral da Republica e não um Procurador de casos de circunstância

Mendes imune a pressões

O novo Procurador-Geral da República da Guiné-Bissau,Edmundo Mendes,hoje empossado, é um jovem magistrado do Ministério Publico e assume estas funções numa altura em que vários interesses impendem sobre alguns casos, nomeadamente os assassinatos do Presidente da República, Nino Vieira;o ex-chefe de Estado-Maior, Batista Tagme Na Way; assim como as mortes de Baciro Dabo e Hélder Proença. E, a propósito, Edmundo Mendes afirma que está imune às pressões.Sublinhou que vai ser Procurador-Geral da Republica e não um Procurador de casos de circunstância.

O novo responsável do Ministério Público disse que a sua prioridade assenta no combate ao crime e à impunidade. Por ser magistrado, que tanto trabalhou nas áreas de combate aos delitos, se bem que na Polícia Judiciária, onde ate aqui desempenhou as funções do director-adjunto, coordenou o sector da investigação. Por isso, observadores entendem que estará bem posicionado para este novo cargo. Aliás, no Ministério Publico,fazia parte do Gabinete de Luta contra a Corrupção.

O novo Procurador-Geral da República,Edmundo Mendes, de 37 anos de idade, substitui Amine Michel Saad naquelas funções.Para o Presidente da República, Malam Bacai Sanhá, é preciso dar oportunidades aos mais novos e fazer funcionar as instituições do Estado.

XS
SM
MD
LG