Links de Acesso

Bispo de Dundo reclama mais escolas e hospitais para a Lunda Norte

  • Coque Mukuta

Dom Estanislau Tchindekasse afirma que sem melhoria das condições sociais a violência continuará alta.

A província da Lunda Norte tem sido, nos útimos dias, alvo de muitas denúncias de mortes, aumento de criminalidade, e detenções.

Há duas semanas, o padre António Makoko Miamba denunciou recentemente o elevado índice de criminalidade nas zonas de Cafunfu.

Agora, o bispo de Dundo defende a criação de condições sociais para combater as causas da violência.

Dom Estanislau Tchindekasse diz que educação e saúde são as prioridades no investimento da província. Segundo disse à VOA, por todas as aldeias porque passa as populações clamam por escolas e hospitais “bom a nível de escolaridade e de saude é evidente”.

“Há um défice muito grande, apesar de algum esforço aqui e acolá, e é preciso ver isso, mas as necessidades são enormes”, continua Tchindekasse, que alertou para a necessidade de investir muito neste sector.

“A igreja por si própria não pode investir por tudo isso, mas está atenta e vai dando uma certa colaboração, mas devemos saber que quando não se criam condições sociais, a violência continuará”, concluiu o bispo de Dundo Dom Estanislau Tchindekasse.

XS
SM
MD
LG