Links de Acesso

Bilionário Wilbur Ross confirmado Secretário de Comércio dos Estados Unidos

  • Redacção VOA

Wilbur Ross, no Senado, em Janeiro.

Ross teve considerável número de votos de Democratas, mas outros dizem que é um investidor “abutre” que já eliminou postos de trabalho.

O investidor bilionário Wilbur Ross foi, segunda-feira, 27, facilmente confirmado Secretário de Comércio dos Estados Unidos.

O Senado americano confirmou Ross, de 79 anos de idade, com 72 votos contra 27. Teve considerável apoio dos Democratas.

A confirmação de Ross permitirá o início da renegociação das relações comerciais dos Estados Unidos com a China e México, parte da agenda da administração de Donald Trump.

Espera-se que Ross torne-se numa figura influente da equipa económica de Trump, após ter ajudado a conceptualizar a oposição do Presidente aos acordos de comércio livre multilateral como a Parceria Transpacífico.

Ross teve votos de 19 Democratas e um independente, devido, em parte, ao facto de ter sido endossado pelo sindicado de siderúrgicos pelo seu esforço na restruturação de algumas empresas do sector em falência, no início dos anos 2000, o que salvou fábricas e milhares de empregos.

Alguns Democratas criticam Ross por ser mais um bilionário no executivo de Trump que afirma ter o foco na classe operária, e por ser um investidor “abutre” que já eliminou postos de trabalho.

A Reuters reportou, mês passado, que, desde 2004, as empresas de Ross transferiram 2,700 postos de trabalho para fora dos Estados Unidos.

A fortuna de Ross, estimada, pela Forbes, em 2.9 mil milhões de dólares, resulta do investimento em empresas em situação delicada nos sectores de aço, carvão, têxteis e peças de viaturas. Na restruturação beneficiou muitas vezes das protecções tarifárias do Departamento de Comércio.

XS
SM
MD
LG