Links de Acesso

Benguela: Vítimas das cheias inquietas com falta de habitação


João Marcos

O clima de incertezas quanto ao realojamento definitivo das vítimas das enxurradas em Benguela é extensivo ao bairro 17 de Setembro, onde se encontram 450 famílias.

As famílias oriundas de quatro pontos de concentração provisória têm a companhia de cidadãos que há muito vivem no 17 de Setembro.

Eles não sabem se continuarão a viver neste bairro, tendo em conta as demolições ocorridas há quatro meses, justamente na altura das chuvas.

Aliás, nem mesmo os sinistrados estarão certos de que permanecerão no espaço em causa, que já esteve na base de muitos conflitos.

Ainda assim, há quem procure acalmar os indecisos, salientando que as casas condignas devem começar a ser construídas dentro de pouco tempo.

O administrador de Benguela Leopoldo Muhongo fez questão não só de tranquilizar as famílias como também de anunciar apoios do Governo.

Ouça a reportagem com as declarações aqui:

XS
SM
MD
LG