Links de Acesso

Bangladesh: Mais de oito mil detidos suspeitos de assassinar representantes de minorias religiosas


Policia bengali

Policia bengali

Mais de oito mil pessoas foram detidas numa operação contra radicais suspeitos de assassinatos de minorias religiosas e activistas civis, anunciou, hoje, a polícia do Bangladesh.

O porta-voz da polícia, Kamrul Ahsan, disse à AFP que 3.245 suspeitos foram detidos nas últimas 24 horas, o que eleva a 8.192 o número de detenções desde o início da operação na sexta-feira.

A operação responde a pressão internacional sobre as autoridades do Bangladesh no sentido de tomarem medidas para travar a onda de assassinatos.

Nos últimos três anos, mais de 40 intelectuais, defensores do estado laico e membros de minorias religiosas.

A comunidade internacional pressionava de forma crescente as autoridades de Bangladesh por medidas fortes após uma série de assassinatos que deixaram mais de 40 mortos — intelectuais, defensores do Estado laico e membros das minorias religiosas — em três anos.

Recentemente foi assassinado em líder religioso hindu, de 70 anos.

O Estado Islâmico revindicou vários ataques, mas o governo bengali rega a presença do grupo no país.

XS
SM
MD
LG